Artigos Pedagógicos
  Avaliação Educacional
  Escola Digital
  Educação a Distância
  Educação Inclusiva
  Educação Infantil
  Estrutura do Ensino
  Filosofia da Educação
  Jovens e Adultos
  Pedagogia Empresarial
  Outros Assuntos
 História da Educação
 Linhas Pedagógicas
 Metodologia Científica
 Projetos/Planejamento
 Biografias
 Textos dos usuários

 Listar Todas
 Por Níveis
  Educação Infantil
  Ensino Fundamental I
  Ensino Fundamental II
 Por Disciplinas
  Matemática
  Língua Portuguesa
  Ciências
  Estudos Sociais
  Língua Inglesa
  Língua Espanhola

 Jogos On-line
 Desenhos para Colorir
 Contos e Poesias

 Glossário
 Laifis de Educação
 Estatuto da Criança
 Indicação de Livros
 Links Úteis
 Publique seu Artigo
 Fale Conosco

 
Busca Geral

 

  
Resumo da História da Educação no Brasil

Autor: Dener José Datti
Data: 18/04/2016
Resumo: Pontuar historicamente como a educação aconteceu no Brasil, desde o Brasil colônia de Portugal até os dias de hoje. Mostrar os principais fatos e documentos históricos em relação para a educação no Brasil até os dias de hoje.
    
Palavras-chave: educação no Brasil, educação, história da educação, SNE, Documento Base Comum Curricular, Frente Parlamentar para a educação, Conselho Nacional de Ensino, a educação do Brasil colônia até os dias de hoje.

Abstract: Scoring historically how education happened in Brazil, from the Brazil colony of Portugal until the present day. Show the main facts and historical documents relating to education in Brazil until today.

1.    A descoberta do Brasil

   Sabemos que países europeus como Inglaterra, Portugal, França e a Espanha se empenharam, no fim da idade média, para o domínio de territórios e terras alheias, buscando domínio e riquezas.
   No livro "Os Enigmas das Civilizações Desaparecidas" (Paul Urich, 1978) são relatadas as destruições em massa feita principalmente pelos espanhóis e ingleses. A China e parte da Ásia central sofreram ataques da França e Inglaterra que dizimaram povos. A China sofreu ocupação portuguesa, francesa e inglesa entre os séculos XV e XVI. A França que tanto defende a Liberdade, Igualdade e Fraternidade, após a Guerra Fria, mandou em 1990 juntamente com os EUA e a Inglaterra, caças de destruição em massa ao Iraque, que teve seu povo dizimado e espalhado por toda a Arábia, de onde se uniram aos radicais islâmicos. A mesma França tão empenhada em sua Fraternidade que deu até o início da Maçonaria, fez ataques ao Líbano recentemente e igualmente aos EUA e Inglaterra sofre com a retaliação, o que chamam de ataques terroristas. Mas a devastação do Iraque com bombardeiros incessantes durante mais de 10 não pode ser considerado um ataque terrorista? Só mudamos o lado da moeda? Bem voltemos ao passado. A mesma França ataca a China em 1884-1885, depois a Grã-Bretanha, onde há uma coalizão com o líder Hong Hsiu Chuan, que determina a destruição da cultura chinesa em troca do evangelho, destrói os símbolos budistas em 1882 e manda incendiar qualquer livro da cultura budista. Hong Siu Chuan era um fanático que se aliou com a Inglaterra e França para destruir a cultura chinesa a fim de manipular sua economia e suas riquezas.

   A guerra da China contra a Europa iniciou-se em 21 de junho de 1900. Os Astecas foram dizimados e queimados vivos a mando do espanhol Hernando Cortez em 1521. Acho interessante como esses países defende a solidariedade... O México que hoje vive situações de narcotráfico semelhantes ao Brasil, Colômbia e Bolívia, teve seu povo dizimado pelos espanhóis. É nesse contexto histórico ainda que bem resumido se dá o descobrimento do Brasil. Evidentemente uma briga entre espanhóis e portugueses que firmaram um acordo chamado Tratado de Tordesilhas, uma linha imaginária que dividia a colônia portuguesa, ou seja o Brasil das colônias espanholas, que originaram os países que mais sofrem com a indústria do narcotráfico da cocaína hoje no mundo.

   Mas por que essa abordagem tão diferente dos livros costumeiros que dizem apenas: "O Brasil foi descoberto por Pedro Álvarez Cabral em 1500 e ponto final". Por que não sabemos ao certo quem ou quais embarcações descobriram o Brasil, visto a história verídica e de fato em que o mundo e a Europa se encontravam. Os portugueses, ingleses, espanhóis, franceses, povos que hoje defendem a fraternidade, eram mercenários, incendiários, assassinos e buscavam o poder, desrespeitavam qualquer religião que não fosse católica e tratavam negros, índios, astecas, os incas e outros povos como animais, como os negros africanos. Como situar o início da educação no Brasil? Difícil tarefa. Mas podemos pontuar.

   "Na realidade é falsa a informação amplamente divulgada em nossas escolas que afirma que Pedro Álvares Cabral descobriu o Brasil em 1500, o próprio uso do termo descobrimento não é politicamente correto e constitui grave erro teórico". (Prof. Dr. Fábio Pestana Ramos). Segundo o Professor Doutor em História pela USP e outros acadêmicos, a descoberta do Brasil foi feita por diversos colonizadores em diversas épocas, o que prova que o Brasil já vinha sendo agredido antes de 1500.

  Próxima

Curta nossa página nas redes sociais!

 

 

Mais produtos

Sobre Nós | Política de Privacidade | Contrato do Usuário | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2008-2017 Só Pedagogia. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.