Artigos Pedagógicos
  Avaliação Educacional
  Escola Digital
  Educação a Distância
  Educação Inclusiva
  Educação Infantil
  Estrutura do Ensino
  Filosofia da Educação
  Jovens e Adultos
  Pedagogia Empresarial
  Outros Assuntos
 História da Educação
 Linhas Pedagógicas
 Metodologia Científica
 Projetos/Planejamento
 Biografias
 Textos dos usuários

 Listar Todas
 Por Níveis
  Educação Infantil
  Ensino Fundamental I
  Ensino Fundamental II
 Por Disciplinas
  Matemática
  Língua Portuguesa
  Ciências
  Estudos Sociais
  Língua Inglesa
  Língua Espanhola

 Jogos On-line
 Desenhos para Colorir
 Contos e Poesias

 Glossário
 Laifis de Educação
 Estatuto da Criança
 Indicação de Livros
 Links Úteis
 Publique seu Artigo
 Fale Conosco

 
Busca Geral

 

  
Piaget e o desenvolvimento cognitivo da criança: primeiras aproximações

Autor: Bruna Silva Santos
Data: 04/03/2015

RESUMO

O trabalho tem como finalidade realizar uma introdução sobre os estudos de Piaget, especificamente, seus conceitos que marcam a organização e estrutura do ensino no Brasil, influenciando de forma decisiva a prática pedagógica do cotidiano escolar. Neste âmbito, destacamos seus conceitos que caracterizam e explicam a estrutura cognitiva, visando compreender o desenvolvimento infantil e sua classificação de acordo com a idade. Discorremos brevemente sobre a formação e origem do pensamento piagetiano, bem como a influencia da filosofia na sua forma de pensar sobre a origem do conhecimento, levando-o a optar pela psicologia, enquanto disciplina que lhe permitiu organizar suas ideias cientificamente, através testes clínicos e analises com intervenção. Finalmente, compreendemos as razões que levam a eleger a teoria de Piaget no processo de ensino, pois a estrutura curricular da educação infantil, e do ensino fundamental está organizada tomando como base os estágios de desenvolvimento infantil formulado por Piaget.

 Palavras-chave: Piaget. Desenvolvimento infantil. Educação.



1 INTRODUÇÃO


O período de formação no curso de Pedagogia é marcado pela vivência com crianças nas series iniciais do ensino fundamental. Refletindo sobre as questões que envolvem este ambiente escolar, com crianças de idades distintas, entre 5/6 e 10 anos, porem, com o mesmo objetivo, traçado por educadores no sentido de proporcionar o desenvolvimento cognitivo dos infantes, compreendemos que estudar sobre esta questão é fundamental ao profissional da educação que deseja contribuir para, este efetivo desenvolvimento infantil. Neste sentido, optamos por aprimorar nossos estudos sobre Jean Piaget (1896-1980) cuja contribuição à esta temática é indiscutível, principalmente no que se refere aos estudos sobre o desenvolvimento cognitivo da criança.

É importante que o professor compreenda o processo de aquisição do conhecimento por parte dos seus alunos, na medida em que esta compreensão possa contribuir na busca de estratégias que favoreçam o processo ensino e aprendizagem.

Uma das preocupações pertinentes ao trabalho, no espaço pedagógico escolar, é com o desenvolvimento cognitivo da criança. Neste sentido, considera-se importante que os profissionais da educação compreendam a necessidade de conhecimento nesta área. A ausência de formação adequada desses profissionais pode implicar em planejamentos e uso de estratégias que não correspondem as necessidades que proporcionam o desenvolvimento da criança, em sentido pleno.

Estudar o pensamento de Piaget sobre o desenvolvimento cognitivo da criança é fundamental na medida em que este pensador, influencia a estrutura e organização do ensino na educação escolar.

O trabalho foi realizado, a partir de pesquisa bibliográfica com fontes primarias e secundárias sobre Jean Piaget buscando refletir sobre sua contribuição no processo ensino e aprendizagem, considerando que o entendimento dos aspectos que norteiam este processo é fundamental à formação do educador.

Para desenvolver este trabalho, optamos por estruturá-lo em três seções na primeira discorrer sobre a formação de Jean Piaget (1896-1980), o qual apesar de ser licenciado em Ciências Naturais, demonstrou precocemente interesse por outras áreas, como por exemplo a Psicologia. Nesta área, seus estudos são reconhecidos mundialmente, principalmente no que se refere a busca de compreensão, através de pesquisas, de como se origina e como se estrutura o conhecimento, sendo estas pesquisas reconhecidas como Epistemologia Genética.

Na segunda, considerando os estudos de Delgado (2005), Piaget (1980) e (1982), Palangana (2001), procuramos discorrer sobre os conceitos piagetianos que explicam a estrutura cognitiva, e que são necessários à compreensão do desenvolvimento cognitivo e como se dá o processo ensino e aprendizagem. É importante destacar que, inicialmente, os estudos de Piaget não tinham a intenção de influenciar as práticas pedagógicas de ensino, entretanto suas pesquisas, principalmente as realizadas no Centro de Estudos da Fundação Rockfeller, talvez por se dedicarem aos assuntos interdisciplinares, tomou forma e ocupou de Piaget seu tempo para dedicar-se aos estudos sobre a epistemologia, a aprendizagem das estruturas lógicas. Estes estudos, posteriormente, serão utilizados na área educacional.

Finalmente, a terceira sessão pretende refletir sobre a influencia do pensamento piagetiano na educação, apontando especificamente para as questões relacionada a estrutura curricular e o processo de alfabetização. Nesta questão nos apoiaremos no trabalho de Emília Ferreiro e Ana Teberosky (1999) sobre a Psicogênese da Língua Escrita, Micotti (1980) e Piaget (1980). Esta reflexão consideramos como essencial à formação de todo educador por acreditar na permanência das ideias de Piaget no desenvolvimento das práticas pedagógicas, no espaço escolar.

Ao se deparar com a obra piagetiana, nos damos conta de uma produção que abarca livros, artigos e outras produções de importância inegável. Entretanto, este trabalho, diante do tempo necessário à sua elaboração, limitou-se a tentar realizar as primeiras aproximações em relação aos estudos de Piaget sobre o desenvolvimento infantil e os aspectos que contribuem na estruturação do pensamento.


  Próxima

Curta nossa página nas redes sociais!

 

 

Mais produtos

Sobre Nós | Política de Privacidade | Contrato do Usuário | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2008-2017 Só Pedagogia. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.